Vencedora na categoria Tecnologia de Acesso, Catracas e Biometria, empresa aposta em olhar à frente do tempo para estar sempre atualizada.

A DIMEP, Dimas de Melo Pimenta Sistemas de Ponto e Acesso, é uma empresa que está há 81 anos nos mercados de Relógio de Ponto, Software para Gestão de Pessoas, Sistemas de Acesso, Sistemas de Estacionamento, Automação Comercial e Gestão de Frotas.

“De fato, estamos sempre buscando a liderança em tecnologia e isso é uma constante: investir e olhar para as próximas tendências”, explica o CEO da Dimep, Dimas de Melo Pimenta III. Na visão do executivo, em toda sua história, a organização manteve a preocupação em chegar antes – e não esperar uma tecnologia estar em alta para, então, passar a implementá-la nos clientes.

A empresa foi vencedora no Prêmio Top Educação 2017, na categoria Tecnologia de Acesso, Catracas e Biometria.

Pioneirismo em educação

Um sólido e eficiente sistema de controle de acesso de alunos de uma instituição de ensino, nos dias de hoje, é praticamente uma exigência para a rotina da unidade.

No entanto, em 1995, esse era um cenário totalmente diferente. “A universidade Uniban, em São Paulo, nos  procurou pedindo para inovar com um sistema de catracas, que era algo que já fazíamos, mas apenas no ramo corporativo”, recorda-se o CEO. A ideia foi um sucesso e acabou se transformando em um case que, desde então, foi replicado em larga escala a outras instituições – hoje são 2 milhões de alunos utilizando os sistemas.

Foco em qualidade

A DIMEP presta serviços a grandes públicos, uma realidade em que eventuais falhas na operação podem ser críticos.

“Qualidade e performance são pré-requisitos: se a empresa não tiver esse pensamento, não vai conseguir implementar”, pontua o executivo.

Sobre tendências, Melo Pimenta observa um processo de substituição dos crachás e carteirinhas de estudante no mercado. “Soluções biométricas e de reconhecimento facial estão apresentando custo mais acessível, que justifique sua aplicação”, conclui.