O controle de acesso é o termo que usamos para definir a permissão do acesso aos ambientes. É muito importante fazer o controle de acesso com segurança, mas, se engana quem pensa que investir no controle de acesso é algo que apenas grandes empresas devem fazer. Por isso, neste post, vamos explicar como fazer o controle de acesso com segurança e apresentar algumas ferramentas que podem te ajudar nessa missão.

Como funciona o controle de acesso?

O controle de acesso foi criado como uma maneira de acompanhar a entrada e saída de pessoas e veículos a determinados lugares, por inúmeros motivos. O objetivo é garantir a segurança de dados sigilosos, dos bens e das pessoas. Impedindo assim, o acesso de pessoas não autorizadas aos ambientes.

Ele pode ser feito com o auxílio de equipamentos como:

  • Catracas;
  • Leitores faciais;
  • Biometria Digital;
  • Totens e cancelas.

Além disso, esses equipamentos podem se conectar a softwares de gestão, de acordo com o nível de segurança que se pretende ter. Assim, será possível analisar os dados de acesso e determinar regras de acesso para as pessoas.

Como controlar o acesso com segurança?

A chave para um controle de acesso com segurança está em apostar na tecnologia. Como vimos antes, existem ferramentas para auxiliar na tarefa, então, escolher o equipamento certo para a empresa é fundamental. Por isso, abaixo, explicaremos o uso de cada um deles para te ajudar a escolher o correto.

Controle de acesso por reconhecimento facial

O que antes era visto apenas em filmes futuristas, já se tornou realidade. O reconhecimento facial é uma tecnologia em pleno uso e que se mostra cada dia mais eficiente. Desde que a pandemia da COVID-19 acometeu o mundo, soluções sem contato físico se consolidaram e o reconhecimento facial cavou o seu espaço.

Dispositivos de controle de acesso com reconhecimento facial evitam o contato físico com os equipamentos e ainda podem realizar a medição de temperatura. Além disso, pode-se detectar o rosto mesmo com o uso de máscara, um recurso muito importante para combater a entrada de bandidos.

O controle de acesso por reconhecimento facial é muito versátil e pode ser usado por empresas de vários segmentos, de hospitais à comércios e instituições de ensino. Geralmente é integrado a catracas ou, até mesmo, no mecanismo de portões internos e externos, como acontece em alguns condomínios residenciais.

Conheça algumas de nossas soluções para controle de acesso sem contato físico.

A combinação dessa tecnologia com um software de gestão poderoso torna o controle de acesso seguro e prático. Em alguns casos, é possível ainda mesclar o reconhecimento facial com a biometria digital, justamente o próximo item da nossa lista.

Controle de acesso por biometria digital

Visto, principalmente, em locais como academias, instituições de ensino, condomínios comerciais e residenciais, o controle de acesso por biometria digital já tem um público fiel. Ele é um sistema muito prático, rápido e eficiente, mas com uma particularidade: exige o contato com o dispositivo de liberação. Então, antes de fazer a sua escolha, considere essa limitação.

Assim como no caso do reconhecimento facial, o dispositivo de controle de acesso com biometria digital normalmente se integra a catracas ou a portas e portões, garantindo um acesso de pedestres mais seguro.

Controle de acesso por aproximação

O controle de acesso por aproximação é um dos mais comuns. E, embora venha perdendo espaço para as novas tecnologias como a biometria digital e o reconhecimento facial, ainda é um sistema seguro e prático, com bom custo benefício e de rápida implementação. Normalmente, a liberação é feita através da aproximação de cartões de acesso (tags), muito comum nos estacionamentos.

Nesse sistema, quando o controle de acesso é de veículos, usa-se cancelas e totens. Já quando se trata de pedestres, o equipamento mais utilizado são as catracas, muitas vezes vistas em locais como condomínios comerciais e terminais rodoviários.

Veja como funcionam os sistemas de controle de acesso por biometria digital e aproximação.

Aposte no software de gestão

Ainda que você tenha o melhor equipamento para fazer o controle de acesso com segurança, é muito importante que ele esteja integrado a um sistema de gestão. E, para isso, você tem que apostar em uma ferramenta completa, mas, ao mesmo tempo, prática e segura.

O DMP Access II é um software de gestão que permite o controle de fluxo de pessoas com cadastro, captura de foto e documento dos visitantes, assegurando que somente o público autorizado tenha acesso. O sistema conta com versão web e aplicativo para celular. Então, se você se interessou, veja alguns recursos:

  • Relatórios personalizados;
  • Ferramenta de localização em tempo real;
  • Parametrização de regras específicas;
  • Limitação da quantidade de pessoas em uma determinada área;
  • Visitas pré-agendadas e controle por intervalo de data.

Assim, você conseguirá fazer o controle de acesso com segurança na sua empresa. Se precisar de ajuda, entre em contato conosco agora mesmo!